Terceiro período de Letras da UFF – EAD/CEDERJ

Esse semestre eu vou estudar matérias do terceiro, quarto e quinto período, mas deixarei uma do terceiro período de fora: Literatura Brasileira 2, pois a prova desta disciplina coincide com a de Literatura Portuguesa 2 e estou dando preferência para esta última por conta do meu ingresso no PIBIC.

Terminei o semestre passado me prometendo que só pegaria quatro matérias porque fiquei exausta cursando sete no período passado, mas, quando abriu a inscrição, não resisti…e estou com seis matérias para esse semestre.

A grade ficou assim:

3-per-letra.jpg

Vejamos as ementas das disciplinas.

Português III – sintaxe do texto (3º período)

carga horária: 60 h.

Classes de palavras e sintagmas: funções sintáticas, semânticas e discursivas. Períodos compostos e/ou complexos. Sintaxe e recursos de expressão. Exercícios de reescritura de textos, leitura e atividades de produção textual. Aplicação do estudo da sintaxe ao ensino fundamental e médio.

Linguística III – estudos do texto e do discurso (3º período)

carga horária: 60 h.

Análise do discurso: pressupostos teóricos e procedimentos metodológicos. Sujeito, história e ideologia. Dentidades sociais e relações interpessoais, organização discursiva e condições de produção. Abordagem semiótica para a análise de textos. A noção de texto. Níveis de leitura de um texto. Coesão e coerência. Intertextualidade e interdiscursividade. Contribuição das teorias do discurso e do texto para o ensino de língua materna.

Teoria da literatura II (3º período)

carga horária: 60 h.

As disciplinas do campo dos estudos literários: retórica, poética, história da literatura, crítica literária. Especificidade da teoria da literatura entre as disciplinas do campo dos estudos literários. Correntes da teoria da literatura. Relações da teoria da literatura com outras áreas do saber. Teoria da literatura e ensino de literatura.

Literatura brasileira III – o regional e o universal (4º período)

carga horária: 60 h.

– a convenção retórica e o contexto histórico-social na caracterização da poesia neoclássica do século XVIII – a invenção da identidade nacional brasileira no século XIX: o nacionalismo pitoresco e o nacionalismo crítico.

– as relações de influência e trocas culturais entre a literatura brasileira e a européia no movimento modernista.

– o regionalismo transnacional de Guimarães Rosa no contexto latinoamericano.

Literatura portuguesa II – amor, existência, escrita (5º período)

carga horária: 60 h

Apresentação da literatura portuguesa, com foco no estudo da produção lírica, através de três eixos temáticos – subjetividade, amor e existência – com vistas a problematizar as questões do lirismo; alteridade, erotismo, temporalidade, finitude e transcendência; corpus mínimo: trovadorismo, Luis de Camões (lírica), Bocage, Almeida Garrett, Antero de Quental, Cesário Verde, Camilo Pessanha, Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro, Florbela Espanca e Jorge de Sena. Algumas notícias sobre a produção lírica mais contemporânea. Práticas educativas: aplicação ao ensino e à pesquisa.

Crítica textual (5º período)

carga horária: 60 h.

Introdução à crítica textual com ênfase na crítica textual de autores modernos como Eça de Queirós e Machado de Assis. Problemas relacionados com a flutuação terminológica da área: filologia, ecdótica, textologia. Conceitos e metodologias. Distinção entre crítica textual antiga e crítica textual moderna. A influência da crítica genética.

 Como vocês podem ver, a carga de leitura será absurda, por isso deixarei de lado outros projetos de leitura que me auto desafiei e passarei ao plano inicial do blog, que é apresentar aos leitores as leituras da faculdade de Letras da UFF.

Então, a partir de agora vocês só verão por aqui e no Instagram as leituras da minha faculdade e das parcerias que ainda mantenho, e todas serão devidamente sinalizadas. No menu superior vocês encontram a barra Facudade EAD, onde está tudo o que é relacionado à minha faculdade, inclusive as leituras,  e na barra Resenhas vocês encontram leituras diversas.

Então é isso, agora vou estudar porque o que não falta é coisa pra ler!

Até mais.

Minha faculdade EAD: respondendo perguntas do Instagram.

Em janeiro eu pedi que alguns leitores do Instagram deixassem perguntas que seriam respondidas no Youtube, pois pretendia fazer um canal para o blog. As perguntas foram realmente muito boas e eu decidi esperar para ter um pouquinho mais de bagagem para responder e não dizer bobagens, Mas o problema é que eu não me dou bem com vídeos e descobri isso da melhor maneira possível: experimentando.  Pois é, pessoal, eu não me dou nada bem gravando vídeos, cheguei a gravar uns cinco vídeos e apaguei, não rolou mesmo. =( E eu fiquei muito triste comigo mesma e envergonhada por não ter conseguido atender às expectativas das pessoas que me acompanham, e que estavam esperando pelas respostas. Mas sempre há tempo para consertar nossos erros e resolvi fazer um post respondendo a todas as perguntas que foram postadas para mim no dia 15.01.2017 lá no meu Instagram. Se você ainda não me segue, aproveita pra apertar aquele botãozinho azul e acompanhar minha vida acadêmica e literária porque eu posto bastante coisa que pode ser útil para você.

Vamos às perguntas e respostas!

Screenshot_20170515-171651

No primeiro período temos uma disciplina com aulas obrigatórias, que devem ter pelo menos 50% de frequência, que é informática. Essa matéria é obrigatória para todos os cursos. Mas existe um teste de proficiência que é feito logo no começo do curso e que, se aprovado, o aluno não precisa frequentar as aulas, apenas fazer as provas.

Screenshot_20170515-171651

Eu ainda não estou fazendo estágio porque estou no segundo período mas, pelo que eu já andei sondando com os colegas mais avançados, não tem muito mistério. O aluno acompanha um determinado número de aulas semanais na rede pública de ensino, em colégios conveniados com a Universidade, e faz relatórios sobre essas aulas. Quando eu estiver cursando essa matéria farei um post específico para ela.

Screenshot_20170515-171651

Temos quatro blocos de provas no semestre, sendo duas a distância e duas presenciais, que sempre acontecem aos finais de semana. Temos, ainda, tutorias presenciais que são de livre escolha do aluno, ou seja, ele vai se quiser. Se não quiser ou não puder, ele pode utilizar as tutoria a distância, pela plataforma ou telefone.

A forma de Ingresso é através do Enem ou vestibular. Todas as informações sobre o ingresso estão na página http://cederj.edu.br/cederj/.

Screenshot_20170515-171658

Forma de ingresso por Enem ou vestibular. Optei a distância porque esta é a minha segunda graduação, e eu já fiz duas pós graduações presenciais, vários cursinhos e não suportaria enfrentar engarrafamento, filas, aulas todos os dias e etc. Quanto à absorção do conteúdo, acredito que, se o aluno estudar mesmo,  absorverá muito mais do que o aluno presencial padrão. O aluno do EAD não tem opção, ele não tem como entrar numa sala e fingir que está prestando atenção para tentar absorver “por osmose”, através de conversas com outros alunos ou até mesmo ouvindo as aulas sem dar muita importância. De alguma forma o aluno presencial está inserido naquela atmosfera e acaba aprendendo alguma coisa, mesmo sem estudar, o que não acontece com o aluno EAD, que tem que ler o material que lhe é fornecido senão não consegue sequer entender as provas.

A carga horária total obrigatória do meu curso é de 2.835 horas e eu estou apenas AMANDO de paixão. É a realização de um sonho!  A dica que eu dou é não deixar acumular o conteúdo porque eu já fiz isso e depois chorei de nervoso porque não deu tempo de colocar a matéria em dia. Então, a grande sacada para estudar a distância é seguir o cronograma que a faculdade fornece aos alunos. Para quem quer começar EAD: comece logo! Aproveite o máximo da faculdade, pois você terá tempo suficiente para fazer as atividades extracurriculares, e não deixe o conteúdo acumular.

Screenshot_20170515-171658

Às vezes tem uma ou outra apostila com uma linguagem difícil, mas os tutores dão todo o suporte através da plataforma. E quando eles não dão, a gente reclama, fica em cima, e eles aparecem para ajudar. É um ou outro tutor que não responde, isso realmente pode acontecer. Mas no geral temos bastante apoio.

screenshot_20170515-1716582.png

Amiga que o EAD me deu me trollando, preciso responder? Adoro demais!

Screenshot_20170515-171706

Screenshot_20170515-171713

Vantagens: não perco tempo no trânsito, não gasto passagem, nem xerox porque o material está todo em pdf na plataforma, escapo de aulas ruins, de colegas impertinentes e aproveito todo o tempo que tenho para realmente estudar.

Desvantagens: perco a convivência com os colegas (a dor e a delícia), as dúvidas não são respondidas na hora e a solidão pode desanimar. Por isso  criei esse espaço, para não me sentir tão sozinha e dividir minhas alegrias e tristezas com vocês. ❤

A segunda parte da pergunta eu já respondi acima, ok? 😉

Screenshot_20170515-171706

Sim, temos muitas leituras técnicas que atrapalham as leituras de ficção. Não sei se tira a criatividade, no meu caso acho que aguçou. Acredito que isso vai muito de cada um.

Screenshot_20170515-171706

A gramática é fracionada e está espalhada pelas matérias. Vemos a parte da linguística, fonética, fonologia, morfologia, sintaxe, semântica, produção textual, tudo separadinho e sob diversas óticas. Não sei se era isso que a Letícia queria saber; se não era, entre em contato comigo, Letícia!

Screenshot_20170515-171706

Eu quero ser professora de Português e Literatura e, quem sabe, trabalhar com crítica literária, mas ainda estou estudando as possibilidades. O curso a distância tem a mesma validade, inclusive conheço colegas que se formaram pelo CEDERJ e hoje estão no mestrado da UFF e com matrícula no Estado. Tudo normal!

Screenshot_20170515-171713

Eu curso Licenciatura.

Screenshot_20170515-171713

Meu curso é semestral. eu escolhi o curso porque eu amo ler, aquele clichêzão. rsrs. Eu tenho mais afinidade com Literaturas.

Minha grade é assim:

1º período:

BASES DA CULTURA OCIDENTAL OB 60

 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA OB 75

LINGUÍSTICA I – INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS LINGUÍSTICOS OB 60

 PORTUGUÊS I – TEXTO: DA LÍNGUA AO DISCURSO OB 60

2º período

LINGUÍSTICA II – GRAMÁTICA GERATIVA E AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM OB 60

LITERATURA BRASILEIRA I – INTRODUÇÃO À CULTURA E À LITERATURA OB 60

PORTUGUÊS II – SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES OB 60

TEORIA DA LITERATURA I OB 60

3º período

LINGUÍSTICA III – ESTUDOS DO TEXTO E DO DISCURSO OB 60

LITERATURA BRASILEIRA II LITERATURA E SOCIEDADE NA CULTURA OB 60

PORTUGUÊS III – SINTAXE DO TEXTO OB 60

TEORIA DA LITERATURA II OB 60

4º período

LATIM GENÉRICO – NOÇÕES BÁSICAS DE LÍNGUA LATINA OB 60

LITERATURA BRASILEIRA III – O REGIONAL E O UNIVERSAL OB 60

LITERATURA PORTUGUESA I – IDENTIDADE, TERRITÓRIO, DESLOCAMENTO OB 60

PORTUGUÊS IV – MORFOLOGIA OB 60

PRÁTICA DE ENSINO I – DIDÁTICA OB 60

5º período

CRÍTICA TEXTUAL OB 60

LITERATURA BRASILEIRA IV – ESCRITAS DA SUBJETIVIDADE OB 60

LITERATURA PORTUGUESA II – AMOR, EXISTÊNCIA, ESCRITA OB 60

 PORTUGUÊS V – FONÉTICA E FONOLOGIA OB 60

PRÁTICA DE ENSINO II OB 60

6º período

ESTÁGIO SUPERVISIONADO I OB 60

FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO I OB 60

LITERATURA BRASILEIRA V – VANGUARDA E TRADIÇÃO OB 60

LITERATURAS AFRICANAS DE LÍNGUA PORTUGUESA I OB 60

PORTUGUÊS VI – GÊNEROS DISCURSIVOS E PRÁTICAS TEXTUAIS OB 60

7º período

ESTÁGIO SUPERVISIONADO II OB 90

FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO II OB 60

LITERATURAS AFRICANAS DE LÍNGUA PORTUGUESA II OB 60

LÍNGUA ESTRANGEIRA INSTRUMENTAL I – INGLÊS, FRANCÊS, ESPANHOL OB 60

PORTUGUÊS VII – ESTUDOS DE DIACRONIA OB 60

8º período

ESTÁGIO SUPERVISIONADO III OB 120

FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO III OB 60

LÍNGUA ESTRANGEIRA INSTRUMENTAL II – INGLÊS, FRANCÊS, ESPANHOL OB 60

PORTUGUÊS VIII – PORTUGUÊS DO BRASIL OB 60

9º período

ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV OB 150

LIBRAS I OB 30

 LINGUÍSTICA IV – CONTRIBUIÇÕES DA LINGUÍSTICA PARA O ENSINO OB 70

ATIVIDADES COMPLEMENTARES AC 200

 INTRODUÇÃO À SEMÂNTICA O 60

LINGUÍSTICA V – PRÁTICAS DE LEITURA O 60

LITERATURA COMPARADA O 60

LITERATURA INFANTO-JUVENIL O 60

LUGAR, AMBIENTE, ARTES O 60

MATRIZES DE CULTURA E LITERATURAS ANGLÓFONAS O 60

MATRIZES DE CULTURA E LITERATURAS HISPÂNICAS

Screenshot_20170515-171719

Até agora já li Ilíada, Odisseia, Eneida, Édipo Rei, Lisístrata de Aristófanes,  Confissões de Santo Agostinho, Nuvens de Aristófanes, Apologia de Platão, Martírio de São Policarpo, Os Lusíadas, Aula de Roland Barthes, Auto da Índia de Gil Vicente, Viagens na minha Terra de Almeida Garret, A ilustre Casa de Ramires, de Eça Queirós (falta ler o primo Basílio Os Maias, Uma Campanha Alegre, que não deu tempo e lerei nas férias), O livro de Cesário Verde (ainda não li todo), Dom Quixote, Cem anos de solidão (estou lendo para uma prova). Acho que foram esses.

Screenshot_20170515-171719

Tempo! Comodismo mesmo, porque eu tenho 17 anos de advocacia e não saberia lidar com a sala de aula como aluna novamente.

Screenshot_20170515-171726

Eu curso Licenciatura, estarei apta a trabalhar como professora, revisora, redatora, enfim, todas as áreas abrangidas por um curso de Letras com ênfase em Literaturas.

Screenshot_20170515-171726

Eu entrei pelo vestibular, mas acredito que entrar pelo Enem seja mais fácil. Minha habilitação é Letras Português-Literaturas, eu não quis fazer nenhuma língua mas, se eu quiser, posso cursar mais um ano presencial. Ainda não sei bem como se faz isso, mas pretendo cursar Francês ou Russo depois de me formar, ainda estou pensando sobre isso.

Não existe esse crime, ok? Isso não está tipificado na nossa legislação como crime, e na UFF eles não carimbam com EAD atrás do diploma, acho que a Universidade que faz isso é a UERJ. Mas, sinceramente, não vejo absolutamente nada demais nisso, tenho o maior orgulho do mundo em estudar pelo sistema EAD. ❤

Screenshot_20170515-171740

Em princípio penso em fazer concurso para professora. Sim, tem diversos concursos.

Screenshot_20170515-171757

Olha, é uma decisão difícil, mas eu tentaria um mestrado em Literatura Portuguesa (meu sonho ahahah). Então, o curso é só amor, estou cada dia mais apaixonada, zero frustração. Direito é frustração, Letras é muito amor! ❤

Screenshot_20170515-171757

Estou fazendo iniciação científica com alguns alunos da presencial e eles usam o material do EAD para tirar dúvidas, então acho que o meu curso é até melhor que o presencial. 🙂 Brincadeiras à parte, acho que os dois cursos são excelentes.

Screenshot_20170515-171800

Meu Pólo é em Nova Iguaçu e eu moro em Niterói, mas aqui não tem Letras. =/

____________________________________________________________________________________________

Ufa! Acho que respondi tudo! Se alguém ainda tiver alguma dúvida, pode perguntar que eu tentarei fazer outro post respondendo.

Não esqueçam que todas as informações sobre o ingresso estão na página do CEDERJ:  http://cederj.edu.br/cederj/.

Beijo grande pra todo mundo!